Single: Fifth Harmony – Work from Home (ft. Ty Dolla $ign)

Depois do sucesso de Worth It, a girlband Fifth Harmony (ou escrita 5th Harmony pros íntimos) originada na versão americana do X Factor tem uma missão que alguns grupos pop passam com sucesso e alguns nem tanto: o segundo álbum! E o sucesso do primeiro single desse álbum pode ser determinante.

Work From Home começa com uma batida alegre, quase inocente, lembrando algumas fases de video-game dos anos 90 sabe? Depois se desenvolve num misto de atmosfera divertida e sexy ao mesmo tempo. A letra é bem menos inocente: “We ain’t gotta go to work. Let my body do the work. We can work from home” (Não precisamos ir pro trabalho. Deixe meu corpo fazer o trabalho. Podemos trabalhar de casa) cantam as meninas no refrão. Calma aí migas, não queremos que ninguém aqui seja demitido por faltar ao trabalho! Só o pessoal responsável por essa letra né? A palavra Work é repetida mais de 20 vezes no refrão! Não é uma boa estratégia lançar uma música dessas numa época em que Rihanna e seu Work (com várias repetições da palavra) estão em evidência! Trabalho parece estar sendo uma coisa bem valorizada na música pop hoje em dia, né?

No mais, percebe-se que a essência aqui é a mesma de Worth It: entusiasmo com pegada urban e adiciona-se um rapper. Estão fazendo jogadas seguras. Até demais eu diria.

O clipe não deixa a desejar e é aquele frescor de girlband que a gente adora! As meninas tão sendo lindas numa construção cheia de homens gostosos sendo objetificados (e elas também em certo grau).

fifth harmony twerk from home

É visível que elas evoluíram e bastante na coreografia, apesar da edição do vídeo, que corta a cena de dança a cada dois segundos, não nos deixar ver direito (aguardemos os lives). É bom vê-las tentando fazer as Pussycat Dolls da nova geração. E pasmém! Alguém da equipe de marketing delas finalmente tomou bom senso e colocou Lauren leia-se o melhor membro do grupo no meio na maior parte da coreografia. Colocar Camila em evidência é bem desnecessário, mas mesmo assim ela tem suas partes solo gritantes no último refrão.

fifth harmony twerk from home

O single vai servir de chamariz pro disco novo? Vai! Vai ser inesquecível, um hino da geração? Dificilmente. Simon Cowell, vamos fazer seu pessoal trabalhar aí! Aguardemos o álbum e esperemos que seja mais Sledgehammer e menos Worth It. As meninas do Fifth Harmony têm talento, só faltou um pouco de esforço criativo na música. Work From Home diverte momentaneamente, nada mais.

Veredicto: 50/100

Pra mais reviews, curiosidades e músicas que inspiram: Facebook e Instagram