Lukas Grahan: a banda dinamarquesa que tá conquistando o mundo

Pela terceira semana consecutiva a banda dinamarquesa Lukas Grahan está em primeiro lugar nas paradas de singles mais vendidos na Inglaterra, o segundo mercado musical mais importante do mundo. Mas quem são esses caras que chegaram de mansinho e estão roubando a cena musical na terra da Rainha?

Só nesta semana eles venderam mais de 130 mil cópias do single 7 Years e a faixa foi ouvida mais de 5,3 milhões de vezes nos sites de streaming disponíveis na Inglaterra. Não é pra qualquer um! Mas até para a banda o sucesso que o single tem feito tem sido uma ótima surpresa. Em entrevista ao Official Charts eles disseram estar vibrantes, surpresos e estáticos!

A banda tem o nome do seu vocalista Lukas Graham Forchhammer. O primeiro disco dos caras saiu em 2012 e eles se tornaram um dos nomes mais importantes da cena pop dinamarquesa. Infelizmente o mundo não tem muito acesso aos artistas de lá, pelo menos no mainstream. E quem sabe eles estão abrindo essa porta? O sucesso local fez com que eles fossem contratados pela Warner e foi esse o grande ponto de virada na carreira do quarteto.

Duas faixas foram lançadas pela banda no ano passado. Mama Said e a estrondosa 7 Years que levou mais de um ano e meio para ficar pronta. O vocalista Lukas disse, em entrevista, que a faixa foi composta e os arranjos começaram a ser feitos cerca de um ano e meio antes do lançamento e que só depois de muito tempo ele voltou a trabalhar nessa canção pois sabia que havia algo de especial nela. E realmente tinha. A faixa ganhou destaque em diversos sites e no Spotify entrou na lista das músicas virais de vários países, como a Inglaterra, a Austrália, Nova Zelândia e Irlanda. Posteriormente alcançou o primeiro lugar nos charts em quase uma dezena de países. Entrou até na lista do Hot 100 da Billboard.

 “INÚMEROS ARTISTAS QUEREM A RIQUEZA E A FAMA. EU QUERO CONTAR HISTóRIAS QUE VOCê POSSA INSERIR NO CONTEXTO DA SUA VIDA” Lukas graham

Com o sucesso atual da banda há expectativa que eles lancem o terceiro disco em maio deste ano. Porém este será o primeiro lançamento global da banda.

A carreira musical de Lukas começou muito cedo. Quando tinha 8 anos entrou para o coral de garotos de Copenhaghen, capital da Dinamarca, e seu talento foi lapidado da maneira mais especial. Aprendeu a admirar a música clássica e a trabalhar técnicas vocais que o ajudariam posteriormente na sua carreira como músico. O coral fez uma longa turnê por toda Europa e também pelos Estados Unidos. No meio disso tudo Lukas começou a prestar atenção nas raízes da sua própria família. Seu pai tem um lado irlandês e abriu as portas para o folk. Mas ele não se prende só a isso. Lukas descreve o som da banda como um mix de estilos musicais. “Tudo que valha a pena para fazer você rir, dançar e chorar em 60 minutos de show está lá“.

Lukas passou também 6 meses em Buenos Aires para ajudar a clarear suas ideias e se afastar da sua própria cidade. Queria buscar novas inspirações, novos conhecimentos e entender o que queria fazer como carreira de fato. Quando voltou à Copenhagem, em 2010, se uniu à compositores e trabalhou para preparar o seu primeiro disco, que foi lançado localmente em 2012. Foi sucesso imediato. Dos quatro singles lançados, dois atingiram o #1, um #2 e um a quarta posição dos charts dinamarqueses. O sucesso rompeu as barreiras da Dinamarca e eles colecionaram hits na Alemanha, Noruega e também na Suécia. E daí pra frente a gente já sabe a história.

Sorte para eles! A gente vai ficar de olho!

Tagged with: