LAY: Forte, Destemida e Agressiva em seu EP de estreia

Há alguns meses falamos aqui sobre novos nomes do rap nacional que devíamos prestar atenção, se você se atentou ótimo, se não, tá perdendo tempo, pois um dos nomes citados na matéria foi o da paulista LAY.

LAY chamou nossa atenção quando pra promover seu trabalho, lançou o videoclipe para a música Guetto Woman, um dos vídeos nacionais mais impressionantes dos últimos meses, algo dedicado, criativo e determinado, ali víamos uma artista de “responsa”, uma moça determinada a alcançar o que quer.

Os meses se passaram e agora LAY apresenta seu primeiro EP. O 129129nome que vem de sua data de nascimento ao contrário, representa toda aquela primeira impressão que tivemos ao assistir o vídeo de Guetto Woman, é forte, é destemido, é agressivo, é diferente.

O destaque fica por conta de suas rimas precisas, rápidas e sem medo do que falar. Logo de cara ela diz: “Saudações a todas as bucetas”, na música Ressalva, que abre o EP.

Sendo assim, LAY não se importa mesmo se você ouvir e tiver quaisquer pensamentos machistas (e ridículos, diga-se de passagem), a mensagem dela tá dada, doa a quem doer.

Em se tratando das faixas não poderia destacar uma ou outra, todas conversam entre si, são importantes pra entendermos a mensagem da rapper, porém, as que mais chamam a atenção são: Ressalva, Guetto Woman, Mar Vermelho e a melhor da lista, Fal$os, sua parceria com Flow MC), música que flerta com o funk carioca em uma relação eficiente.

A produção musical ficou por conta de Léo Grijó, com produção executiva da Haze Sounds e direção de arte a cargo da própria LAY.

Ouça, mas atenção: disco altamente forte para pessoas de masculinidade frágil.

Nota: 90/100

 

Tagged with: