Into You: single novo de Ariana Grande é hit certeiro

Ariana Grande resolveu presentear seus fãs e os apreciadores da música pop em geral com um novo hino das pistas de dança: Into You. Certamente o melhor single do seu ainda a ser lançado terceiro disco e quiçá de sua carreira. Não que FocusDangerous Woman sejam rejeitáveis. Mas estas duas ficam apenas no patamar do “legalzinho” se comparadas à Into You.

ariana songs pyramid

Sabe clichê de música pop/dance? Letra bem sexual com algumas metáforas que faz parecer pegação aleatória de balada parecer uma coisa bem mais intensa e dramática do que realmente é? Que cria expectativa pra o momento do “vamos ver”? Que explora a atração física despertada por alguém até não poder mais? Então, é esse clichê mesmo que você vai encontrar nesta música. É um “to com o cú (ou xana) pegando fogo” dito de outra maneira praticamente. 🙂

As propostas de Ariana na letra chegam a se confundir em alguns poucos momentos. Primeiro ela diz “close ain’t close enough till we cross the line, baby” (perto não é perto o suficiente até a gente atravessar os limites, baby). Depois, no refrão explosivo, pegajoso, maravilhoso ela entoa “got everybody watchin’ us, so baby let’s keep it secret” (tem geral olhando a gente, então vamos manter segredo). Miga, se geral já viu não tem como manter segredo! Quer passar dos limites ou não quer? “A little bit scandalous, but baby don’t let them see us” (Um pouco escandaloso, mas baby não deixa geral ver a gente), ela completa. Ué! Se geral tá olhando e tá escandaloso liga o foda-se, que coisa de “ai não deixa eles verem a gente se pegando” é essa agora? Daí ela adiciona “a little less conversation and a little more touch my body” (Menos conversa e mais pegação). Ariana, conselho: se você tá a fim de pegar a pessoa e a recíproca é verdadeira mas fazer isso em público é constragedor, escandoloso, whatever… Vai pro motel, pro carro, pro dark room, pra casa de algum de vocês e pára com essa confusão!

Ariana Grande confusaMas o que seria de um hino dance senão uma letra que se contradiz, mas que a gente quase nem nota porque a batida é contagiosa demais pra perceber, não é mesmo? A produção é, claro, do gênio sueco Max Martin, também conhecido como “graduado com menção honrosa no curso música pop” com mestrado em “produção de hits”.

Into You é aquele hit que os fãs de pop/dance queriam ouvir no Anti da Rihanna ou no Lemonade da Beyoncé, mas se depararam com “pop conceitual” ao invés disso. Ainda bem que nessa oceano de música pop ainda tem gente se aventura nas águas do pop dançante e não vai parar na ilha dos flops!

“So baby come light up” (Vem me deixar fogoso(a)) talvez seja a frase da canção que mais resuma o efeito que Into You tem nos ouvintes. Parabéns Ariana! Que venha o hit e que venha um clipe à altura.

Veredicto: 85/100

MusicaInspira no Facebook, Twitter e Instagram