Uma descoberta tardia e gostosa!

A melhor coisa que pode acontecer comigo, é quando um disco que eu não tinha escutado ainda, me surpreende.  Nesse caso, minha surpresa se deu por conta de tanta coisa. Vou contar um pouco pra vocês… Venham comigo!

Então, eu sou um tanto preconceituoso com artistas que vem de realities, não me perguntem o motivo. Mas estou encantado com o trabalho de uma banda que levou o segundo lugar na primeira temporada da versão brasuca pro programa SuperStar: Jamz

 

 

Estou numa fase onde tenho procurado escutar mais coisas que tenham uma vibe boa, que me desprendam de qualquer problema, que venham leves. Já soa até clichê escrever aqui que a música inspira, mas se pararmos pra pensar, pouquíssimos são os álbuns que nos deixam assim: leves. E eles fizeram isso comigo!

13131697_1782901275273824_5958344362008243467_oNuma tarde de sol, eu já nem tinha o que escutar, quando coloquei o álbum deles pra tocar e “putz!”, me encantei! Pesquisei sobre o trabalho dos meninos, e não poupei esforços para entrar em contato com eles e pedir um material para apresentá-los pra vocês aqui. Me foram tão bacanas que eu acabei me apaixonando mais ainda!

O primeiro disco dos meninos – Insano – chegou a ser indicado ao Grammy Latino como melhor álbum pop contemporâneo. Nele, William Gordon, Paulinho Moreira, Gustavo Tibi e Pepê Santos deram um pouco do que eles têm a mostrar e acredito que nem imaginavam que esse disco teria a capacidade de fazer tão bem! Foi pop! E foi pop bem feito!

 

 

E eles nem vão me deixar enjoar do álbum, porque em minha busca por mais informações a respeito deles, os próprios me revelaram um pouco do álbum que está por vir ainda esse ano. Prontos?

“Cada disco tem uma história, um processo de criação diferente. A parte técnica nesse próximo disco vai ser mais profunda. Vamos atrás da mágica e isso não tem manual de instrução.” – Paulinho Moreira, guitarrista do grupo.

Segundo eles, o disco virá mais maduro, encorpado, e trará apenas músicas inéditas.  E foram além ao pedirem “cabeça e ouvidos bem abertos para uma sonoridade inédita”.  Do que será que eles estão falando? Eles estão dando pistas na página oficial do Instagram:

 

 

E aí? O que acharam? Eu confesso que estou viciado e se eu fosse vocês, escutaria o Insano agora! Sem compromisso. Garanto que irão se surpreender também!