Por que amamos a Britney?

Britney Spears é uma das cantoras mais bem consagradas do mundo. Ela coleciona prêmios, milhões (se não bi ou trilhões) de visualizações em seus vídeos, é musa inspiradora – por diversos motivos – de muitos e muitas por aí, ícone de uma geração pop, pode ser considerada uma fênix também, afinal, quando achávamos que ela não mais conseguiria sequer continuar viva, ela “renasceu” das cinzas e deu a volta por cima. Mas atualmente, a cantora perdeu seu rebolado, e por mais que alguns insistam em ver pequenos “avanços”, a verdade é que, o que os mais novos estão vendo hoje em dia não chega perto do que vimos há cerca de 15 anos atrás.

Como inspiração, ela dizia ter a Madonna – o que é normal. Surgiu de um programa de televisão que trazia em seu elenco ninguém menos que Christina Aguilera. Logo, a mídia tratou de enaltecer as duas e elas se transformaram em fortes representantes da música mundial no final dos anos 90 e início dos anos 2000. Mas a semelhança se resumia na cor dos cabelos, pois uma característica peculiar as diferenciava muito: a voz. Não demorou e as duas seguiram estilos e posicionamentos diferentes – apesar de dividirem o mesmo público. Na época, muito se questionava em relação ao fato de que Britney abusaria do playback em seus shows, mas ela tem um universo ao seu favor.

282480_10150277108438234_6033878_nCom certeza vários textos como esse estão rolando por aí, mas como não se indagar? Como não se perguntar o motivo pelo qual ela continua sendo um ícone da música? Sendo que o principal ela não nos dá: a voz. Não vamos a um show da Britney para ouvi-la cantar – hoje em dia, nem pra dançar direito. E a verdade é que, diante de tantas que cantam muito bem, ela consegue ser estrela da música sem fazer o mínimo esforço pra cantar uma nota ao vivo. O motivo? Não se sabe.

10398842_118087148233_2773556_nTalvez seu carisma, sua beleza, seu sofrimento, a alegria, os filhos, sua safadeza, ou tudo, tudo é motivo para fazer com que a senhorita Spears seja enaltecida, acolhida e idolatrada por inúmeros fãs ao redor do mundo. E isso vai além, pois até os que não se consideram fãs hoje em dia a respeitam e admiram. Ela instiga nossa curiosidade, isso é fato.

Ó, Britney, de tão lendária que tu és, nós te amamos e te aceitamos assim!