Rock bom também é rock nordestino!

Nada melhor do que falar de rock, no mês do rock, e apresentar um rock bom lá do… Nordeste! Êita coisa boa!

Alguns já vão lembrar da Pitty, Maglore, Vivendo do Ócio ou Raul Seixas, mas estou aqui pra falar pra vocês sobre o trabalho de uma das bandas mais fodas do momento: Far From Alaska

12342715_951516821600747_3172225519311782117_n

Como vocês devem estar mais que entendidos quando o assunto é rock (por conta dos posts especial pro mês do rock), preciso falar que o que a Emmily Barreto, Cris Botarelli, Rafael Brasil, Edu Filgueira e o Lauro Kirsch tocam e cantam é considerado stoner rock – gênero que mistura hard rock, heavy metal, rock psicodélico e acid rock.

A banda foi fundada em Natal, mas não se enganem quanto a isso, pois os integrantes vieram de diversos lugares desse Brasil: São Paulo, Cuiabá e Mossoró. A princípio, o projeto era considerado paralelo, pois alguns integrantes já haviam tocado em outras bandas e também pelo fato de ela ter sido criada simplesmente com a intenção de fazer com que Emmily cantasse, mas em 2012 a banda ganhou um concurso que deu o direito à eles de abrirem um grande festival paulista. Isso deu uma notoriedade boa à banda, que ganhou um elogio de ninguém menos que Shirley Manson (vocalista do Garbage).

FarFromAlaska_modeHuman

 

Resultado: um Ep lançado ainda em 2012 (Stereochrome) e um álbum lançado em 2014 (modeHuman)

 

 

 

Como de costume, a banda se mudou para São Paulo por questões de “logística” e “melhores oportunidades”, e isso acarretou numa apresentação, sabem onde? Lollapalooza Brasil!!

img-1030453-far-alaska-no-lollapalooza

“É o topo da minha vida. Não sei mais o que vou fazer agora.” – disse Emmily Barreto após a apresentação da banda

 

Nós sabemos! No início desse ano, a banda apresentou uma música nova e anunciou a gravação de um novo álbum! E também, acabaram de voltar de Cannes (França), onde apresentaram o trabalho da banda potiguar no Midem (Marché Internacional Du Disqué Et De L’edition Musicale) – maior encontro mundial de empresas ligadas à música – e ainda ganharam “We Are The Future”. Só nos resta esperar!

Ahh… Já ia me esquecendo de falar pra vocês sobre o nome da banda! Ficaram se perguntando o que significa né?

“O nome da banda não tem nenhum significado especial. Foi apenas uma sugestão da mãe de Emmily que acabou agradando os cinco integrantes, que não conseguiam chegar a um consenso.” – Cris

Para mais informações e audição do disco, acessem:

Twitter

Facebook

Site Oficial