O que ouvíamos há 10 anos no Brasil

Como o tempo tem passado muito rápido, não é mesmo? A gente descansa, relaxa e pronto, mais um ano se encerra. E são nesses momentos que paramos e fazemos uma retrospectiva de tudo o que aconteceu lá atrás, as doces e leves épocas que por mais que lembremos com carinho, nos damos conta de que já passou anos.

Não é surpreendente que já se completou dez anos desde que vivemos em 2006? Você lembra onde esteve todo o ano? O que fazia? São 10 anos, não são 10 meses, 10 semanas. Quem nasceu naquele ano já deve estar na escola aprendendo como resolver equações, por exemplo.

Você se lembra o que tanto ouvíamos nas rádios? Lembremos que ainda naquela época, o Brasil ainda era um pouco atrasado em relação a outros, as canções, singles, discos e etc, eram lançados lá pelos EUA ou Europa e só meses depois chegavam as rádios nacionais, as nossas prateleiras. Aqui bombaram músicas que originalmente foram lançadas em meados do fim de 2005.

Em 2006 no Brasil, foi o ano dos mexicanos do RBD, que com o sucesso explosivo da novela Rebeldes, estavam pelo país com sua turnê e divulgavam seus últimos discos. Também de fora, conhecíamos a melancolia e drama de James Blunt com You’re Beautiful (a música mais tocada nas rádios daquele ano), estávamos com a rainha do pop, Madonna, no topo do mundo com sua era voltada a discomusic e seu hit Sorry também tinha tocado muito por aqui.

Por falar em melancolia, também tínhamos o mega hit de Kelly ClarksonBecause Of You, arrebatando sentimentos pelo país e, falando de arrebatar, tínhamos Shakira conquistando uma nação com seu rebolado e hit inesquecível com Hip’s Don’t Lie. A dominação do pessoal do Black Eyed Peas ao emplacar Pump It My Humps.

E como esquecer os hits nacionais? Tínhamos o funk carioca em sua melhor fase, com o mega hit da PerllaTremendo Vacilão, os hits do Mc Leozinho Se Ela Dança, Eu Danço Ela Só Pensa Em Beijar. Também tínhamos a dançante e envolvente Ai, Ai, Ai da Vanessa Da Mata, a melancólica Não Resisto A Nós Dois da Wanessa Camargo, o reggae do Edu Ribeiro que virou sensação com Me Namora e até a vibe hippie de Armandinho com Ursinho de Dormir.

Isso sem contar com o respingo de sucesso que restava a Luka, com Sem Resposta, a DIVA Alcione com Meu Ébano e ainda a explosão da maravilhosa Negra Li com Você Vai Estar Na Minha.

Que ano, né gente!? Vamos matar as saudades ouvindo uma playlist com o melhor de 2006, nos abraçar e refletir como estamos ficando velhos tão rápido!