#AREVOLUÇÃODOAMOR

Falar de amor é falar sobre o sentimento mais puro que existe. É transcender. Ir além de tudo o que podemos julgar nessa nossa existência.  Isso porque eu estou apenas falando, assim como muitos nesse mundo. Muito dele se pede, e pouco se dá. Atualmente o que vemos por aí é um punhado de palavras jogadas ao vento, que soam como ressentimentos de pessoas que foram machucadas em algum momento da vida ao ponto de esconderem o amor de si próprias, fazendo com que as outras pessoas não consigam recebê-lo, tornando o mundo um pouco menos confortável e agradável.

Daí você pode até se perguntar o que temos a ver com isso, e eu digo que tudo! Falamos da música e da sua capacidade de inspirar, com a inspiração vem a ação, e através da ação a gente pode conseguir tudo o que quisermos, ou pelo menos falar que tentamos. A gente só precisa de amor! Ou vai falar que um pouco de afeto hoje não lhe cairia bem?

 

Quando falo de amor, eu falo daquele que todos temos guardado dentro de nossas reservas mais íntimas, aquele que sonhamos oferecer – na maioria das vezes a uma só pessoa, mas esquecemos que ele pode ser revertido em boas ações, ele pode ser doado para mais de uma pessoa, e consequentemente faremos bem a várias outras pessoas, principalmente a nós mesmos. Querem uma ideia?

Às vezes pensamos que somente as grandes ações contam, mas as simples, bem simples, pequenas ações podem causar um efeito muito maior. Soa até clichê. Quantos de nós valorizamos de verdade aqueles que estão ao nosso redor, os que estão sempre do nosso lado, por mais que os achemos chatos. Olhe ao seu redor, o amor está ao seu redor. Você abraçou alguém hoje? Você deixou que alguém te abraçasse? Olhou para alguém com um olhar de conforto? E se estiver se sentindo triste, você já se confortou? Se cuide, cuide de quem está por perto. Isso faz um bem danado! E olha, amar é um dom extraordinário!

A alegria de doar nosso sentimento bom é tão boa que contagia, revigora de um jeito que torna nossos dias muito mais leves. Aposto que você sorriu agora, e acredite, sorrirá bem mais quando passar a espalhar esse amor que está escondendo aí pelo mundo. Sabe por quê? Quando a gente ama, brilhamos mais que o sol!

Mas vou te contar uma coisa…

 

Será que alguém consegue descrever ele?

Dentre as definições que eu achei, essa é a que mais se encaixa no meu simples entendimento:

“Amor é uma forma tendente a aproximar e a unir, numa relação particular, dois ou mais seres.”

Qual seria a sua definição para o amor? Conta pra mim, vamos dividir um pouco do nosso, chama os amigos, familiares, todo mundo! Vamos envolver esse mundo com amor, por mais que tenha nos sobrado um pouco dele, se unirmos os nossos, com certeza fará uma grande diferença. Aparentemente, tudo está perdido, menos o coração.

Vamos começar a revolução do amor?

78f75f14d0b260ecd408c5c7bacccbe2Acredite nisso. Pegue a primeira pessoa que vir pela frente, e sorria pra ela, peça um abraço, troquem conforto. Ter vergonha do que é bom é estranho. E ouvi o seguinte numa música:

“Estranho é quem somos pra nós mesmos, somos estranhos pra nós mesmos. Por isso, estranhamos os bandos, as tribos, os outros, os que se enfeitam, os que se beijam, as fêmeas, os machos. Estranhamos uns aos outros.”

Larguemos essa estranheza e comecemos

#AREVOLUÇÃODOAMOR