Os musicais no cinema

Filme Musical é um tipo de filme no qual se baseia e/ou tem sua narrativa e roteiro apoiados em sequências musicais e quase sempre coreografadas. Não é tido como um gênero, pois a narrativa da história pode ser um drama, comédia, terror, etc.

Uma das características desses filmes é que sua maioria são tidos como “porta de entrada” para grandes nomes da música entrar no cinema, na maioria das vezes estrelando produções, como é o caso de Christina Aguilera que em sua primeira empreitada no cinema estrelou ao lado de Cher o musical Burlesque do diretor Steve Antin em 2010 ou Lady Gaga que participará de sua primeira produção cinematográfica estrelando o (terceiro) remake de A Star is Born – que antes contava com Beyoncé no papel principal, que por sua vez já estrelou dois musicais.

E também acontece o contrário: artistas que se destacam cantando em musicais e acabam “invadindo” a área de músicos, como por exemplo a atriz Anna Kendrick, indicada ao Oscar, que em uma versão da canção Cups (When I’m Gone) para o filme The Pitch Perfect de 2012 ultrapassou as barreiras do cinema fazendo o percurso contrário: sair de um cena de filme e ganhar as rádios e charts.

Tanta importância que esse estilo de se fazer cinema tem na nossa cultura, que é impossível lembrar ou fazer quaisquer retrospectivas sem mencionar algum filme do tipo.

Porém, desde sua última febre quando filmes como Mamma Mia! (Phyllida Lloyd, 2008), High School Musical 3 (que migrava da TV para as telonas também em 2008 dirigido por Kenny Ortega) e até o mais cultuado, Os Miseráveis (de 2012, dirigido por Tom Hooper), que adaptava a obra clássica de mesmo nome do francês Victor Hugo, pouquíssimos são os musicais que ainda ganham destaque e influenciam de alguma forma a música e a cultura pop atual.

O último a conseguir esse feito foi a animação Frozen de 2013 dos estúdios Disney, dirigido por Chris Buck e Jennifer Lee venceu dois Oscars e ainda dois Grammys, além de ter sua trilha sonora como o disco mais vendido de 2014 – além dos recordes de vendas, tanto em DVD, Blu-Ray e cópias digitais, tanto do filme como da trilha sonora.

Atualmente o filme que é sensação nos festivais de cinema ao redor do mundo é o cultuado La La Land – Cantando Estações (com estreia marcada no Brasil para janeiro de 2017) dirigido por Damien Chazelle é estrelado por Emma Stone Ryan Gosling (estreantes em musicais) e vem ganhando prêmios por onde é exibido e já desponta como um dos favoritos na próxima edição do Oscar.

O filme por si só pode representar além de tudo, uma volta dos musicais como influenciadores na nossa cultura atual e que ele ainda desperte nas grandes produtoras e grandes estúdios de distribuição o desejo de realizar mais produções do tipo, que ganhemos novas histórias, novas cenas clássicas coreografadas e desperte o interesse do público pela união de música e cinema.