Só rendeu um primeiro disco

Talvez o maior exemplo de injustiça com a carreira de qualquer cantor, seja o descaso de suas gravadoras para com suas carreiras, não investindo em divulgações, em produções e muitos menos em novos discos.

Mas há de se salientar a ‘via de duas mãos’: há também o lado dos artista, quando eles não querem, por qualquer motivo que seja, gravar novos materiais. Vamos aqui relembrar cinco discos que são únicos na vida de seus donos…

cassie

Em 2016 completam-se 10 anos do lançamento do auto-intitulado CassieDiddy tinha fundado então sua gravadora, a Bad Boy Records já há algum tempo e em busca de novos nomes chegou à Cassie. Ela se juntava então em estúdio ao produtor e cantor Ryan Leslie e juntos finalizaram um dos trabalhos de R&B mais primorosos e bem feitos daquele ano.

Porém o que parecia estar indo muito bem parou ali mesmo. Não se sabe ao certo, mas Cassie passou anos se dedicando a um novo disco, compondo e até gravando novas músicas, mas nada foi aproveitado pela gravadora que ao que parece, foi completamente dispensado, ela ainda chegou a lançar uma mixtape em 2013. Há semanas atrás a Epic Records anunciou que Cassie a partir de então fazia parte de seu casting – será que agora um segundo disco sai?

fergie

Também em 2006 mais alguém lançava seu único disco, Fergie chegava naquele ano como uma das maiores promessas na música pop.

Mas não era só uma promessa como se tornou realidade: seu disco, The Dutches e todos os singles do mesmo, se tornaram um enorme sucesso de vendas, crítica e público. Tudo estava bem encaminhado, tanto que ela deu um tempo em sua carreira solo e voltou à também bem sucedida, carreira no grupo Black Eyed Peas.

Com o grupo mais dois discos foram lançados, grammys vencidos e muitos outros recordes e feitos, mas aí ela decidiu voltar a se dedicar a sua carreira solo que parece ter estacionado em 2006. Depois de 2 singles como tentativa de retorno, o Double Dutches ainda não viu a luz do dia e nem há, ainda, uma data prevista para seu lançamento.

sex pistols

É impossível um amante de rock não conhecer os ingleses do Sex Pistols, e quase todo mundo que se interessa por música já ouviu algo da banda.

Eles que foram um dos propulsores e maiores influentes do movimento punk, são tidos como símbolo pelo movimento até os dias de hoje. Mas infelizmente a vida da banda durou pouco, muito pouco. Em apenas dois anos e meio de vida, eles lançaram quatro singles e apenas um disco, Never Mind The Bollocks, Here’s The Sex Pistols.

Há ainda inúmeras coletâneas e discos ao vivo lançados pela gravadora da banda, porém seu disco de 1976 acabou por se tornar o único trabalho de estúdio/inéditas.

superheavy

Em 2011, Mick Jagger teve uma ideia: reunir nomes consagrados de várias vertentes da música em uma super banda de rock. O que no início serviria como uma ação de marketing, virou coisa séria resultando em um único disco.

E então ele reuniu Dave StewartDamian MarleyA. R. Rahman Joss Stone naquela que seria uma das bandas mais incríveis da época e mais interessantes musicalmente, a Superheavy.

Porém é uma pena que o projeto tenha durado por apenas um único disco, mesmo que de acordo com relatos dos mesmos, eles tenham gravados cerca de 35 horas de música – o que poderia render mais discos.

Ms. lauryn hill

Aqui um fato curiosíssimo, ninguém tem uma explicação plausível. Em agosto de 1998 Lauryn Hill lançava seu primeiro e único disco de estúdio, The Miseducation Of Lauryn Hill.

Com o disco ela se tornava a primeira mulher a vencer 5 Grammys (incluindo o de álbum do ano) de uma vez, também estreou no Billboard 200 como a maior estreia feminina até a época, com 400 000 cópias vendidas em sua primeira semana. O disco ainda é considerado um dos criadores do que hoje é chamado neosoul, a junção entre as vertentes principais da black music.

Ela continua em turnês, participa esporadicamente de singles de outros artistas, porém não houve mais material inédito de Lauryn Hill. Ela chegou a lançar um acústico e ainda se envolveu na trilha sonora do documentário What Happened, Miss Simone?, remasterizando as faixas, cantando outras e ainda servindo como produtora executiva.