Dua Lipa FINALMENTE lança seu primeiro álbum

Você tem medo de álbuns que tem sua data de lançamento alterada inúmeras vezes? Eu tenho. Esse é o caso do primeiro disco da cantora inglesa Dua Lipa. Foram diversas as mudanças de data que a gente chegou até a duvidar que o álbum seria realmente lançado. Mas eis que o autointitulado Dua Lipa chega nas lojas nesta sexta-feira (02).

O debut de Dua Lipa veio acompanhado de grande expectativa já que a cantora foi apontada por diversas publicações como um dos grandes nomes do pop para 2017 e uma daquelas que a gente deve sim prestar atenção. Para o Critic’s Choice Awards, do Brit Awards, Dua Lipa apareceu entre os três finalistas da edição de 2017, mas acabou perdendo o prêmio para o cantor Rag’N’Bone Man. A terceira indicada era Anne-Marie. E venhamos e convenhamos, os três vão muito bem, obrigado!

Se já não bastasse tanta expectativa e os adiamentos, Dua Lipa viu algumas das faixas do álbum vazarem ao longo do ano e o disco na íntegra caiu na rede dez dias antes da data oficial de lançamento. Eis aqui mais um medo desse lançamento e a gente torce que o álbum desempenhe bem nos charts, principalmente na Inglaterra, sua terra natal. E sabe por que a gente torce? Continua lendo aí! haha!

 

Dua Lipa tem um tchan! Sério! Ela parece ter vindo com o pacote completo, sabe? As músicas lançadas até agora como single são ótimas, ela tem atitude, dá as cartas sobre sua própria carreira e o que podemos falar do look? Ela é linda e naturalmente tem grande apelo comercial e os dois pés dentro do mundo fashion, o que a torna um ícone instantâneo de tendência!

A cantora de 21 anos só percebeu de fato o tamanho da proporção que sua carreira tomou quando Chris Martin, do Coldplay, apareceu para a colaboração no álbum de estreia da moça. Em recente entrevista ao NME Dua se questionou sobre o que estava acontecendo com ela após o encontro: “O que está acontecendo comigo? Isso é loucura!”. A parceria de Dua e Chris pode ser ouvida na faixa Homesick. A contribuição de Chris Martin não ficou apenas na composição, mas é o próprio cantor que toca piano na faixa, além de emprestar seus vocais.

Dua Lipa – o álbum – traz aqueles hits da cantora que a gente ama desde sempre. Blow Your Mind tá lá. Hotter than Hell e Thinkin’ Bout You também. Be the One? CLARO! E apesar de haver outra tensão em lançar um disco com tantos singles que já foram trabalhados, as faixas estão em harmonia com o restante das faixas que completam as dezessete faixas da versão deluxe. O single atual da cantora, Lost in Your Light, uma parceria com o cantor Miguel ainda não apareceu nos charts ingleses, mas nesse momento a cantora tem 3 faixas no top 100: a parcerias com Martin Garrix, seu single solo Be The One e a colaboração com Sean Paul ocupam as posições de número 47, 72 e 94, respectivamente.

 

Destaques do disco: TODAS AS FAIXAS! Bad Together, Genesis, Garden, Last Dance, New Love… todas as faixas são realmente boas, tem aquela pegada pop que a gente realmente gosta e não deixa a desejar. Faz alguns dias que estou ouvindo o disco e não tive a coragem de pular nenhuma das músicas. Poderia dizer que o álbum de Dua talvez seja um dos melhores discos pops do ano. Demorou demais? Demorou. Valeu a pena? SIM! Torcemos de verdade que o álbum tenha destaque merecido porque talento a moça tem, de sobra!

Manda mais DUA!

Tagged with: