DAMN: O Auge de Kendrick Lamar

Kendrick Lamar representa com toda força a nova geração do rap americano, une ótimas rimas, talento inigualável e a renovação que o estilo musical necessitava. Junto dele alguns outros rappers surgiram nos últimos anos, mas pouquíssimos possuem o respeito que o jovem de Compton (um dos berços do rap) já conquistou na indústria.

Em 2015 Kendrick lançava o To Pimp a Butterfly, o disco tido por muitas publicações da época o melhor disco daquele ano. Kendrick caía de vez no gosto da crítica musical e principalmente se tornava o queridinho da cultura pop americana, passando a fazer cada vez mais parcerias musicais. Todo esse ônus com um aclamado disco pesaria, obviamente, em seus próximos passos, o novo disco de Lamar seria muitíssimo aguardado e bem passível de uma expectativa que o artista parecia não alimentar.

Se até uma compilação lançada em 2016 só com canções descartadas do disco de 2015 fez muito sucesso, que diria do novo álbum, o já multi-platinado DAMN. já superou toda e qualquer expectativa de sucesso e vendas, se tornando o disco mais vendido do ano, até agora – um total de 1.770.000 de cópias vendidas.

Em seu novo disco Kendrick nos dá uma grande amostra de como ser um grande rapper, tecendo suas críticas sociais de forma inteligente, se experimentando com novos sons de forma moderada e sabendo bem com quem trabalhar, estão basicamente nesses pontos todo o êxito do disco.

Estão entre seus parceiros em DAMN. U2RihannaMike Will Made ItKaytranada James Blake, um grupo de dar inveja a qualquer outro artista, é aqui que Kendrick mostra toda sua audácia em reunir nomes de respeito em um único trabalho, dosando de forma inteligente as “armas” que possui. Ao longo de 14 faixas podemos ouvir e sentir toda a versatilidade do rapper, destaca-se ainda entre elas, as faixas Humble, DNA, Loyalty, Pride Fear. 

DAMN. representa – além de um marco nas paradas musicais – o auge de Kendrick Lamar onde o mesmo mostra que pode muito bem aguentar toda e qualquer expectativa, se concentrar, focar-se e entregar um trabalho digno de elogio. Não a toa, críticos especializados ao redor do mundo tem se rendido ao talento do jovem que muito tem a mostrar ainda.

Que venha o próximo sucesso, Kendrick!

Ouça: