Vocês querem motivos para amar a Charli XCX?

Ela começou a escrever música aos 14 anos, idade com a qual gravou um álbum – 14 – que não foi distribuído comercialmente. Tá pouco? Vamos te dar mais cinco motivos para amar a Charli XCX. Vem com a gente!

Charlotte Emma Aitchison (seu nome verdadeiro) tem alguns EPs e mixtapes espalhados pela Internet, mas ela está presente num dos maiores hits do pop atual, I Love It, da dupla Icona Pop. E ela não só participou da música, mas também escreveu. #chupem

 

Aliás, hit é o que não falta no currículo dela. Quem não lembra de Fancy, da Iggy Azalea, e de Doing It, com a Rita Ora?

 

Charli XCX também abriu shows para grandes como Ellie Goulding, Marina and The Diamonds e Paramore.

 

E teve seu primeiro álbum, True Romance, lançado em 2013, que foi seguido pelo Sucker (2015). Dentre as influências estão nomes como Christina Aguilera, Britney Spears, Kate BuchQuentin Tarantino, Weezer e Ramones. De boba ela não tem é nada!

 

Seu maior sucesso é a faixa Boom Clap, que fez parte da trilha sonora do filme A Culpa é das Estrelas. Se o filme foi um hit, imagem a faixa!

 

E pra fechar, a gente celebra o lançamento de uma mixtape que veio do tédio. Não entenderam? Vamos explicar. A Charli XCX está aguardando a liberação da gravadora pra lançar o terceiro álbum, e como o processo tem sido longo, ela simplesmente resolveu “botar pra fora” dez músicas. O resultado ficou ótimo, com um som que se aproxima do que ela fez em True Romance, o que alegrou os fãs mais antigos.

Mas antes, uma surpresa… Nem vou falar nada, só vejam:

 

Já sei, quer som, né? Ok, dê o play no Angel Number 1 e entre no clima da moça!

 

Tagged with: