Qualquer um é ídolo? Qualquer uma é diva?

Há quem diga que o fato de chamarmos muitos nomes de “diva” ou “meu ídolo” tem tornado esses termos além de obsoletos, termos sem significância nenhuma, afinal “diva” tem se tornado algo banal. Com o advento da internet tudo ficou obsoleto, ultrapassado, velho. As pessoas surgem e somem como um cometa, de repente e de forma explosiva e desaparecem no tempo de uma passagem do astro.

Diva vem do latim que significa deusa, na Europa era um termo que designava apenas cantoras principais de óperas, mas o sentido foi ampliado posteriormente, a ideia de designar alguém que fosse principal em uma ópera passou a designar estrelas do cinema, estrelas como Marilyn MoroeGrace KellyBrigitte Bardot Sophia Loren foram tidas como as primeiras a ser chamadas de Divas.

O tempo passou e nomes como Aretha FranklinMadonnaCherJanet Jackson, ganhavam nas décadas seguintes o título a medida que faziam sucesso na música, com seus vídeos, discos, turnês e assim influenciavam a moda, o cenário musical e milhares de fãs ao redor do mundo. Se tornaram ícones, ídolos, lendas.

A questão é que com o passar dos anos, obviamente, muita coisa mudou, e como falamos lá no começo surgiu a internet, mais que isso, o acesso a ela foi ampliado de uma forma que dificilmente encontramos quem não tenha um único acesso a ela. Sendo assim, o que a gente faz aqui ou ali pode parar na internet e visto por milhares de pessoas.

Então a partir daí muita gente, mas muita gente MESMO, tem aparecido nas redes sociais com vídeos ou falas que “conquistam” o público. A questão é: será que qualquer pessoa que surge na internet, postando seus vídeos mal feitos, muitas vezes só dando opiniões descabíveis – alguns sendo até uns porcos preconceituosos – são umas “divas”, são “ídolos”?

Será que ter aquela influência e talento que Marilyn teve ou Madonna ainda tem, não são mais necessários? Ter uma câmera e uma opinião que seja já seria o suficiente?

Convenhamos que há muita gente talentosa nos canais caseiros do youtube a fora – assim surgiram nomes como Justin BieberChloe X Halle e até mesmo Pabllo Vittar, mas há também muita gente desprovida de tal qualidade que, inexplicavelmente, fazem sucesso. Será que devemos por todos no mesmo patamar?

A questão final, depois de uma série de questões, que fica é: pra você, o que é ser uma diva? O que é ser um ídolo?