O pulsante eletrocardiograma da Flora Matos chegou!

Flora Matos Eletrocardiograma

Após sete anos, Flora Matos decide presentear os fãs com um disco cheio de batidas cobertas de emoções. O Eletrocardiograma está por aí, e a gente pode curtir esse diagnóstico da melhor maneira possível!

A brasiliense resolveu assumir o controle de toda a produção do disco novo, e isso o tornou mais que especial. Flora passou anos tentando impor sua identidade em seu trabalho e por conta disso brigou com empresários e produtores. Segundo ela, a maioria foram homens que não aceitavam receber ordens de uma mulher que eles nem comiam, e isso a fez desistir de entregar algo tão especial como um disco nas mãos deles. As batidas e emoções eram as suas.

flora matos desdobra suas emoÇÕES

Apesar de termos uma Flora Matos visivelmente decidida, forte e engajada, o feminismo em si não é a bandeira que ela claramente levanta em suas canções. Falo isso, porque o disco nasceu de suas desventuras amorosas e desequilíbrios emocionais. Prova disso são faixas como Perdendo o Juízo, Parando As Horas, Não Vou Mentir e 10:45.

“Resolvi dedicar esse disco a essa vivência que tive. Falar de amor, paixão doentia e entrega total. E marcar esse momento de libertação em que o nosso amor próprio renasce e a gente se dispõe a amar e ser amada outra vez.”

 

Ela definitivamente não está no mainstream brasileiro, mas conseguiu provar que talvez esteja num patamar superior ao da turma que habita os topos das paradas nacionais. De forma mais que independente, Flora conseguiu nos entregar um eletrocardiograma coeso e maravilhoso.

Flora Matos Eletrocardiograma “Eu acho que a pessoa mais indicada pra dizer se sua a arte está boa é o artista. E muitas vezes, durante todo esse período, eu não fui ouvida. Quando um grupo inteiro DE pessoas te diz que sua música está perfeita e você não concorda, você é tirada de louca. Aí o meu sangue sobe um pouco. Porque é meu trabalho, meu nome, minha alma, minha cara. E quando meu sangue sobe um pouco, as pessoas ficam ofendidas comigo.”

E olha que a Flora Matos pode não ser da equipe da lacração atual, mas quando ela resolve abrir a boca, ela faz isso de forma muito racional! Foi o que ela fez de forma visceral e empoderada na faixa Preta da Quebrada, que vem com trechos precisos de uma palestra da monja budista Márcia Bajja. Um hino!

 

Quem acompanhou essa produção ao longo desses anos também ficou um tanto decepcionado.Apesar de o disco ter saído – para a nossa alegria – ele trouxe uma versão estranha da faixa Quando Você Vem, que havia sido disponibilizada anteriormente e já tinha caído no gosto da maioria de seus fãs. Outro ponto negativo foi a ausência de algumas outras faixas já apresentadas por ela, como Igual Manteiga e Me Apaixonei Por Mim.

 

O nosso destaque vai para a faixa que Flora Matos nos deu como nova música de trabalho e que, ao nosso ver, traz uma vibe que combina perfeitamente com verão que se aproxima. Na música ela nos faz um convite: Bóra dançar?

Sobre as faixas que acabaram não sendo incluídas no trabalho, a cantora não descartou a possibilidade de um outro lançamento muito em breve. Segundo ela, há material para outros discos já prontos. O melhor disso tudo é saber que agora ela assina com produção própria, intitulada Flora by Flora. Por enquanto, a gente vai aproveitando examinando todo o seu eletrocardiograma.

Play:


Que tal seguir a gente no Instagram e no Facebook? Só vem e fique por dentro do mundo da música com bastante inspiração! E tem nosso Twitter também.