Kehlani e seu interessante SweetSexySavage

Kehlani Album Cover SweetSexySavage

Conseguir lançar um disco por uma gravadora é um privilégio que poucos artistas conseguem em suas carreiras atualmente, contando ainda o fato de que muitos outros preferem seguir independentes. Kehlani “esteve” independente por todo seu início difícil, até que conseguiu um contrato com uma grande gravadora e não desperdiçou sua chance.

Kehlani: primeiro trabalho, mas cheia de experiência

Kehlani em uma de suas sessões de gravação do SweetSexySavage
Kehlani em uma de suas sessões de gravação do SweetSexySavage

Em 2017 então chegou às prateleiras e plataformas de streaming seu primeiro disco, SweetSexySavage. Por ser seu primeiro trabalho não se engane, Kehlani não é nenhuma artista novata e inexperiente. Começou sua carreira como líder de uma girlband, PopLyfe, que chegou ao 4º lugar nas finais do reality show America’s Got Talent. O grupo não deu certo e ela decidiu tentar uma carreira musical por conta própria.

Tem duas ótimas mixtapes lançadas, Cloud 19, de 2014, e a indicada ao Grammy de Melhor Álbum Urbano Contemporâneo You Should Be Here – que também foi eleita pela Bilboard como melhor disco R&B de 2015. Ou seja, Kehlani já chegou com uma bagagem vasta, experiências (boas e ruins), talento e principalmente conhecimento do que poderia e não poderia fazer.

SweetSexySavage

Foram quase dezoito meses trabalhando em cada uma das faixas do SweetSexySavage. Começando ainda no Halloween de 2015, Kehlani passou a compor as faixas que passaria posteriormente pelas mãos de, entre outros produtores, Pop & Oak – dupla de produtores por trás de músicas como Numb, parceria entre Rihanna Eminem; Here, de Alessia Cara Clumsy, de Britney Spears.

Sendo assim o disco SweetSexySavage passou por poucas pessoas e, com uma equipe enxuta, acabou fazendo do disco algo mais sólido, sem aquelas faixas que destoam das demais (exceto pelas que compõem o edição deluxe), com canções que conversam entre si, não fazendo desse disco algo cansativo e sem ânimo.

As faixas possuem algumas intercalações, discursos ditos por Kehlani que ajudam a explicar o conceito todo do trabalho e, surpreendentemente, não é algo chato beirando o necessário.

Os destaques 

Kehlani soube como criar cada música. Cada peça aqui é encaixada em um complexo e emocional quebra-cabeças. Destacam-se as canções Keep On, Distraction, Piece Of Mind, Undercover (que usa um sample de Don’t Matter, do Akon), Advice, Escape, In My Feelings. Até Gangsta Love, canção escrita originalmente para a trilha do sofrível filme Esquadrão Suicida – está disponível apenas em sua versão deluxe.

Kehlani soube usar toda sua carga emocional e dosá-la em um disco que não soasse piegas e nem um pouco chato. SweetSexySavage é um disco agradável e gostoso de se ouvir. É excelente em algumas faixas e é, acima de tudo, forte naquilo que quer transmitir.

Vale a pena você separar alguns minutos e apreciar esse trabalho tão interessante:


Que tal seguir a gente no Instagram e no Facebook? Só vem e fique por dentro do mundo da música com bastante inspiração! E tem nosso Twitter também.

Tagged with: