Quem é Maggie Rogers e por que a gente tem que ficar de olho nela?

Com apenas 25 anos, ela tem despontado em todo o mundo. Seu álbum de estreia, Heard It In A Past Life figurou em diversas listas como um dos melhores discos de 2019 e o álbum atingiu o #2 no ranking da Billboard, mas afinal, quem é Maggie Rogers?

quem É MAGGIE ROGERS?

Batizada como Margaret Debay Rogers, mas conhecida apenas como Maggie Rogers, a jovem cantora, nascida na costa leste dos Estados Unidos, na cidade de Easton, no estado de Maryland, vem conquistando o seu espaço na música de forma consistente e merecida.

Capa do álbum ‘The Echo’

Sua paixão pela música vem desde pequena e foi crescendo ao longo dos anos. Seu primeiro disco independente, The Echo, foi lançado em 2012, quando ela tinha acabado de completar 18 anos. O material foi usado como parte do seu processo seletivo para ingressar na NYU, uma das mais respeitadas universidades dos Estados Unidos.

Durante seu curso na faculdade, Maggie Rogers cogitou seguir a carreira de jornalista musical. Inclusive, foi nessa época, que a cantora chegou a trabalhar com Lizzy Goodman, transcrevendo diversas entrevistas da jornalista que, posteriormente, chegaram a virar um livro: o Meet Me In The Bathroom.

Quem é Maggie Rogers
Capa do álbum ‘Blood Ballet’

Ainda na universidade, lançou o segundo disco independente investindo num estilo mais folk. Blood Ballet foi bastante elogiado entre os amigos e começou, de fato, a dar um direcionamento para a carreira de Maggie.Os discos independentes de Maggie podem ser ouvidos na página da cantora no Bandcamp!

Todo artista tem uma quantidade gigante de referências, afinal são observações, audições que eles absorvem conhecimento e colocam em seus trabalhos. Maggie Roggers sempre menciona como suas principais inspirações nomes como Bjork, Kim Gordon, Sharon Van Etten, Patti Smith, Brandi Carlile e Carrie Brownstein.

 

O EMPURRÃO QUE FALTAVA

A carreira de Maggie Rogers começou a despontar para valer com a canção Alaska. Foi numa viagem para a Europa que Maggie Rogers descobriu seu amor por sons mais eletrônicos e voltou para casa com a vontade de misturar o folk com produções eletrônicas.

Alaska surge desse encontro dos estilos e foi durante uma aula magna promovida pela faculdade com Pharrell Williams que as coisas mudaram de verdade. Pharrell ficou impressionado com a música, o talento da Maggie e não escondeu de ninguém. Dá uma olhada no video abaixo – especialmente na minutagem 20m30s em diante.

A faixa Alaska foi composta em incríveis quinze minutos, em 2016. O video, com a reação de Pharrell, viralizou e todos queriam saber mais quem era Maggie Rogers, a garota que impressionou um dos caras mais criativos e influentes da indústria da música.

Os plays nos discos independentes começaram a surgir e a crescer rapidamente, enquanto a cantora finalizava a graduação, obtendo o título de engenheira de som e produtora musical.

Foi a partir do buzz em torno do video de Pharrell que diversas gravadoras começaram a abordar Maggie que acabou fechando com a Capitol Records. Seu primeiro lançamento pela gravadora foi o EP Now That The Light Is Fading. 

 

A CEREJA DO BOLO

O ponto alto da careira de Maggie Rogers foi o lançamento do seu primeiro disco oficial. Heard It In A Past Life chegou ao mercado em janeiro de 2019 com grande expectativa e muito bem recebido pela crítica.

Quem é Maggie Rogers
Capa do álbum Heard It in A Past Life

Para se ter uma ideia de como o disco era aguardado, Maggie se apresentou no Saturday Night Live, um dos programas de maior audiência da TV norte-americana, antes mesmo do álbum ser lançado!

Heard It In A Past Life atingiu a segunda posição do ranking da Billboard, na semana de lançamento. E o single Light On chegou ao topo da parada alternativa da Billboard! Um feito e tanto para uma jovem cantora, já no seu primeiro disco de estúdio.

Fala se o trabalho da moça não dá vontade de deixar no repeat o tempo todo? Em breve a gente traz uma review do disco aqui no Música Inspira! Fique ligado!

Tagged with: